Archive for the ‘ Minha Autoria ’ Category

Será que você é responsável por aquilo que cativa?

 

Um dia li a seguinte frase:

– Ninguém é responsável por aquilo que cativa, logo, ninguém deve ser responsabilizado dessa forma.

E fiquei pensando…  Ok!  Você deve ter total controle por sua vida e não responsabilizar ninguém se algo não der certo, assim como no trecho da música: Rosas, da Ana Carolina, que é mais ou menos assim:

” Cada um tem meia culpa e vá cuidar do seu”

Mas como aconteceu esse Cativar??

Alguém acordou um belo dia e começou a gostar de você do nada??

ou

O outro começou a gostar, porque você e bem ciente do que estava fazendo, mostrou a cada dia, com palavras, gestos, ações, que era uma pessoa especial, que valia a pena (ou fingiu) e dessa forma fez com que começassem a te ver com outros olhos?

E será que dessa segunda forma ninguém é mesmo responsável por aquilo que cativa?

Alguém simplesmente chega na sua vida e finge ser uma pessoa que não é (na verdade é um ator nato) monta um futuro maravilhoso, aparenta ser carinhoso, todo certinho, fala que nuuunca traiu na vida, é compreensivo, aceita tudo, faz você acreditar que é a exceção das exceções e de repenteee e não mais do que de repente, depois que você já  descobriu todas as mentiras, todas as traições, todas as formas possíveis e imagináveis de um ser humano ser desprezível, a pessoa em uma única frase, mais normal do mundo escreve (para deixar a sua marca da maldade, lógico):

“Ninguém é responsável por aquilo que cativa”

Agora vem cá e se acontecesse isso, com alguém muito próximo e especial da sua vida. Um rapaz faz isso… por exemploo: Com a sua Irmã…. é.. aquela pessoinha que você mais ama e quer proteger ou com a sua prima que mais parece uma irmã ou até mesmo com aquela sua amiga que você não consegue viver sem.

O que você pensaria??

Será que essa frase, magnífica, vinda dessa pessoa totalmente “intelectual” é válida nesses casos??

Eu acredito que uma pessoa só não é responsável por esse tal de Cativar quando não fez absolutamente NADA para que isso acontecesse, mas se foi feito sim, “N” coisas, é porque esse responsável ou irresponsável, não sabe o que significa na PRÁTICA o que é ter Caráter, Honestidade, Sinceridade, o que é ter Sentimentos verdadeiros (e não só com os outros, mas até mesmo com eles, deve ser uma forma de se alto enganar) porque vivem uma enorme farsa e com isso pouco se importam com a dor que causaram ou ainda vão causar, acreditam fielmente nas mentiras que contam e acreditam que quem está ao redor não percebe.

Como diria um grande amigo: quem pensa assim é o mesmo que pegar um carro, dirigir em alta velocidade e sair atropelando sem a menor dó: Mães, Pais, Filhos que andavam felizes em uma calçada qualquer e depois falam: Ah!!! eles morreram? Nãooo, Eu não sou responsável pelo o que aconteceu.

Concluindo graças ao universo, para a nossa sorte ou não rs existe a Lei do Retorno, que diz que tudo na vida realmente tem uma causa e efeito, logo, o que você faz de bom ou mal, uma hora ou outra vai ter um efeito Bumerangue em sua vida e talvez somente neste dia, esse ser humano (se é que podemos chamar assim) quando receber o retorno de toda a sua maldade, poderá parar e pensar: Que é Responsável SIM!!! por aquilo que cativa, pela a dor que causa e pelo sentimento alheio.

Post feito já há algum tempo, que eu precisava divulgar ou desabafar,

BeijinhosS & BeijõesS,

Sue 😉

Minha experiência jogando futebol…

 

Eu sempre tive medo de jogar futebol e nas aulas de educação física eu dava um jeitinho e fugia de mansinho, então, nunca precisei mesmo jogar, até que tiveram a brilhante idéia de ser realizado na minha escola…. Um Campeonato e dessa parte eu, euzinha, não pude fugir, ai me convidaram a fazer parte de um time (Lógico, só tendo muitas amigas para me convidarem a participar de um jogo de Futebol) e lá foi eu..

Me escolheram para ser a Goleira (Eu Goleira.. lembram da primeira frase: Eu sempre tive medo de jogar futebol.. É…depois disso eu descobri que na verdade eu tinha medo, mas, muito medo mesmo, era da Bola….. principalmente quando ela era jogada em uma grande velocidade em minha direção).

Então, umas das minhas amigas sabendo disso resolveu compartilhar o gol comigo, ai não me preocupei muito, por que ela sempre estava próxima ao gol, mas, isso não durou muito tempo, as meninas do time adversário pareciam Monstros Muito Furiososss com a aquela Bola Enormeee vindo na minha direção…. lógico que a minha atitude era fugir da bola ao invés de tentar pega-la, até perdi a noção das várias maneiras que me esquivei daquela bola, para sair inteira de lá rsrsrs.

 Depois que o jogo já estava a 9 x 0 para o time adversário, minhas amigas resolveram que alguém em Sã Consciência do que estava fazendo deveria me substituir e o mais rápido possível, foi ai que eu pensei:

 Ufa!!! me livrei e vou para o banco…. até alguém me puxar pela camiseta e dizer: Onde você pensa que vai?? – Eu vou para o banco… – Nananinanão você vai jogar.. eu disse: Euuuuu?? – É sim, você e vaii logo….

Bom, a única coisa que eu sabia naquele momento é que eu tinha que correr atrás da bola em direção ao GOL e lá foi eu, ate achei estranho ninguém me marcando e pensei: Como pode ser tãoo fácil, porque não me colocaram para jogar antes logo de uma vez, então eu fiz o GOLLLL, o GOL que nenhuma das minhas amigas tinham feito até o momento, nessa hora eu vibrei, foram os segundos mais emocionantes desse dia para mim ( sabe o Sid com a melância na mão no filme A Era do Gelo 1 – É o que mais traduz esses meus minutos de euforia), até virar e ver as minhas amigas querendo me fuzilar, mas FUZILARRR mesmo com letras Maiúsculas, porque o lindo gol que eu fiz e não podia ter sido diferente….. foi um Belo Gol Contra, por isso foi tão fácil…. e depois eu tive que correr mesmo, correr das minhas amigas e das pessoas que estavam torcendo para o meu time.

Depois só tive que andar disfarçada por uma semana para ninguém me reconhecer (estilo: boné, óculos escuros e cabelos amarrados) rsrsrs

Placar final: 11 x 0 para o time adversário. (Com uma super, hiper, mega, blaster contribuição da Sü;)

E dessa experiência maluca só sendo muito amiga mesmo para continuar com a amizade.

 Gosto de assistir mas, depois dessa, Futebol nunca mais para mim.

Beijinhos & Beijões da Sú;)

Novas Possibilidades!!!

Digamos que você tenha: Uma Bicicleta, Um Patins, Um Carro e Uma Moto e alguém aparece do nada e leva a sua Bicicleta.

O que você pensaria?

– Ah!!! Eu até gostava dela, mas eu ainda tenho: O Patins, O Carro, e A Moto e assim enxergaria as outras alternativas, né??
E aceitaria a perda da Bicicleta como se fosse uma coisa qualquer, algo natural, normal, que pode acontecer com todos um dia.

Agora quando você só tem uma Bicicleta já usada e nem tão boa assim e alguém aparece e tira ela de você.

O que você faz??

Resiste até o final para que não levem: Tudo O Que Você Tem Na Vida, mas já parou para pensar se só essa Bicicleta era tudo o que você tinha na vida??

Hoje aprendi que não é assim, você ainda pode Andar e mesmo que não pudesse, teria que encontrar outra forma para se locomover e isso serve para todos os campos da vida e que bom que existem várias possibilidades.

Quando levarem: “Tudo o que você tem na vida” olhe bem ao seu redor, tenho certeza que irá conseguir encontrar um outro meio, que te fará chegar a um lugar até mais distante e surpreendente!!!

Beijinhos & Beijões da Sü;)

O que te deixa seguro nos dias de hoje?

Estava pensando o que será que as pessoas realmente querem em um relacionamento?

  • Estabilidade, 
  • Companheirismo,
  • Carinho,
  • Status,
  • Atenção,
  • Passatempo,
  • Fidelidade,
  • Segurança.

Digamos que fosse Segurança…

O que dá Segurança para você?
É obvio que isso é muito relativo, mas realmente queria saber, o que traz segurança nos dias de hoje para as pessoas em um relacionamento.

O que o seu namorado(a), esposo(a), companheiro(a) faz, que faça com que você feche os olhos e diga: – Eu sei que nele(a) posso confiar? Sei que posso me entregar? Sei que é reciproco? Sei que é com ele que quero ficar? Sei que vai ser para sempre? (Tá bom, eu sei que o termo para sempre é demais, sei que sou romântica e talvez leve isso ao pé da letra, mas será que não acontece?).

As vezes vejo pessoas que tem namorado(a), cantando outras pessoas e fico me perguntando: PORQUE?

O que falta no seu relacionamento, que faça com que você sinta necessidade de suprir essa carência com outras pessoas? O quê?

Porque as vezes é melhor encontrar outras maneiras, do que tentar?, já parou pra pensar que talvez seja essa pessoa que você estava procurando por toda a sua vida e por algum motivo bobo você a(o) deixa ir.

Então pense o que te faz sentir seguro? e o que você pode fazer para dar segurança, para essa pessoa tão especial, que você escolheu para ser o seu companheiro(a).

Não seria melhor suprir essas carências juntos?

Várias perguntas que param na minha mente, mas um dia quem sabe eu encontro as respostas,

Beijinhos & Beijões da Sú;)